Sobre

Este site tem como objetivo oferecer recursos, principalmente em áudio, sobre a fé, a cosmovisão e a piedade reformada.

Recent tags

Solteirice e Contentamento [Episódio 3]

Solteirice e Contentamento [Episódio 3]

Olá seja bem-vindo, eu sou o pastor Elienai Batista, e esta é a série: Aprendizado & Serviço.

Episódio 3 – Solteirice e Contentamento.

Nos episódios anteriores observamos que Deus concede diferentes bênçãos a cada um. Uns recebem a bênção do casamento, e outros recebem a bênção de permanecer solteiros. Para alguns a solteirice será uma bênção que experimentarão por um período de suas vidas, para outros uma bênção para toda vida.

Compreender a solteirice como uma bênção, seja temporária ou permanente, é algo contracultural. Porque como já observei, tanto na igreja quanto no mundo há pressões para que os jovens desfrutem de relacionamentos românticos o quanto antes, e às vezes a qualquer custo. De modo que aqueles que não se encaixam no que se julga ser o padrão, ficam sob suspeita de homossexualidade, desajuste social ou emocional, timidez, etc. O solteiro costuma experimentar essa pressão nas perguntas que lhe fazem sobre o assunto, nas brincadeiras, nas indiretas e nos conselhos.

Por outro lado, os jovens têm de lidar com seus próprios sentimentos e ansiedade. Toda essa pressão tende a empurrá-los a namoros precipitados e defeituosos, que não são para o casamento. Aqui devemos reconhecer que pesar das alegações, muitos namoros são apenas uma válvula de escape para as pressões internas (dentro da pessoa), e externas (mundo e igreja).

Toda essa pressão acaba por gerar uma falta de contentamento com a solteirice.

Pensemos em termos de uma pessoa que não tem o chamado para permanecer solteira. Uma das razões, se não a principal, de sua falta de contentamento em relação a solteirice, é justamente, sua falta de compreensão sobre a solteirice.

Portanto, jovem cristão, se você quer travar essa luta contracultural, e enfrentar as pressões dentro e fora de você, você precisa compreender com clareza e aceitar a solteirice como um tempo que lhe é dado por Deus. Pense sobre isso em termos de estações: a vida tem estações, e ser um rapaz solteiro ou moça solteira é uma dessas estações. Cada estação tem sua própria beleza, suas próprias características e suas próprias finalidades. Portanto, procure admirar a beleza dessa estação, perceber suas características e descobrir suas finalidades. Não seja apressado ou apressada para mudar de estação, mas antes, desfrute da estação que Deus lhe concede no momento.

Perceba que é muito importante, que você pense de forma clara e bíblica sobre esta questão. Ter uma perspectiva mundana a respeito do namoro, fará com que você se sinta descontente com o dom de estar solteiro que é um dom dado por Deus para um determinado período da vida.

Eu posso ilustrar isso contando algo que me aconteceu quando eu tinha cerca de 13 anos. Eu queria um mocassim, eu acho que da marca Samello, porque estava na moda (década de 80). Mas quando fomos até a sapataria, depois de experimentar, quando o o preço nos foi dito, descobrimos que o preço não era compatível com as condições de meu pai. Resultado, ele não comprou. Eu voltei frustrado para casa. Meu pai depois de alguns dias comprou um sapato que era quase do mesmo modelo. Mas não era um mocassim, e tão pouco da Samelo, acho que nem tinha marca. Eu rejeitei aquele presente do meu pai, eu me enchi de autopiedade e murmuração e fiquei com raiva do meu pai. Eu não calçaria aquele sapato ridículo, eu queria um mocassim de verdade, um mocassim da Samello.

Mas os dias se passaram, e o único sapato que eu tinha estragou-se. Então numa emergência para sair, o único que havia era aquele sapato. A contragosto o coloquei e sai com ele. Desde então ele se tornou o melhor sapato do mundo. Eu gostei tanto dele que lamentei muito quando ele se acabou (e isso demorou um pouco).

Algo semelhante pode acontecer com você. Seu Pai celestial lhe deu um presente, bom, bonito, agradável e útil. Algo que é uma bênção para você – estar solteiro. No entanto, muitas vezes tudo que você quer é seguir a moda. E por isso, não se contenta com a dádiva de estar solteiro.

Estar solteiro é uma bênção porque é algo apropriado a um determinado tempo da vida. Uma sucessão de relacionamentos sem compromisso, que não darão no casamento, não é um presente de Deus. Mas por outro lado, Deus dá aos jovens a dádiva de estar solteiro. Mesmo que seja só por um período de suas vidas.

A solteirice é uma bênção, porque nela Deus concede a você um período para: 1) crescimento; 2) aprendizado; e 3) serviço.

Portanto, quando alguém se envolve em relacionamentos precipitados, ou permite que seu coração se distraia nessa direção desejando isso, e estando descontente com sua situação atual, essa pessoa deixa de experimentar a alegria nesse presente que o Pai celestial lhe dá agora, e enquanto fica ansiosa por buscar ou manter um relacionamento, deixa de realizar aproveitar as bênçãos dessa estação: crescimento, aprendizado e serviço.

Isso quer dizer que a falta de contentamento quanto à solteirice não só é algo que desonra a Deus, por não aceitar sua dádiva para essa estação da vida, mas também é algo que acaba por trazer prejuízos para a própria pessoa que deixa de crescer e aprender, para seu futuro cônjuge que se casará com alguém menos preparado para o casamento, e para a família, a igreja e o próximo de maneira geral, que deixam de desfrutar do serviço que tal pessoa deveria prestar.

Se o solteiro se concentra naquilo que ainda não possui, isto é, na intimidade física e emocional que é reservada para o casamento, dirá a si mesmo: serei feliz no futuro quando me casar. Quando alguém permite que um desejo por algo que Deus não lhe deu ainda, roube a sua habilidade de aproveitar e apreciar o que Deus lhe dá agora, obviamente há ai falta de contentamento.

A pessoa não vai encontrar e manter a beleza de estar solteira na busca de um romance com uma variedade de pessoas. Você só encontrará a beleza e a alegria da solteirice, se você aceitá-la como uma bênção de Deus.

Se Deus não lhe concedeu o dom para permanecer solteiro, você pode desejar, orar e se preparar para o casamento, reconhecendo-o como uma bênção para a próxima estação da vida, mas não esqueça que a estação atual, a solteirice, também é uma bênção com a qual você deve se contentar.

Esse contentamento, não é algo fácil. E talvez seja ainda mais difícil para homens e mulheres, que não se veem como pessoas que tem o dom para permanecer solteiras, e que desejam de casar-se, mas que depois de muitos anos como solteiros, isso ainda não lhes foi concedido.

E talvez algumas dessas pessoas tenham dúvidas sobre essa questão. Se não possuem o dom para permanecer solteiros, porque ainda não lhes foi concedido um casamento? E muitas vezes tais pessoas precisam lidar com tentações na área sexual, e também com as questões da solidão, e das pressões do mundo, dos membros da igreja, e com sua própria ansiedade e às vezes falta de contentamento.

Eu gostaria de ter respostas para todas as pessoas que experimentam tais dificuldades. Mas eu não tenho. Mas sei que a melhor coisa a fazermos é reconhecermos que pela Providência de Deus, tais pessoas não se casaram ainda. Se elas se casarão, ou quando se casarão, isso está nas mãos de Deus.

Eu imagino que a aflição de estar solteiro ou solteira quando se deseja casar, quando você não vê em si mesmo o dom para permanecer solteiro, seja algo difícil de se lhe dar. Mas lembre-se, Deus não promete que as dificuldades em nossas vidas desaparecerão, e Ele não garante que todos os nossos desejos se cumprirão. Ele não nos dá tudo que queremos. E às vezes isso é difícil.

E se este é o seu caso, você deve se consolar em saber que Deus é perfeitamente sábio em todas as Suas obras, que Ele é bondoso, que Ele lhe ama com um amor que nenhuma outra pessoa pode lhe oferecer, e que por causa de Cristo Jesus, Ele é seu pai bondoso que quer o seu bem diz, ao mesmo tempo em que é o Deus Todo-poderoso que pode fazer toda Sua vontade.

Sobre o sapato que meu pai me deu, posso dizer: ele me amava, mas não tinha condições de me dar que eu queria. Mas isso não é verdade em relação ao nosso Pai celestial. Não é por falta de amor, nem tão pouco por falta de recursos ou condições que Ele ainda não lhe concedeu um casamento. A razão está nos planos dEle para Sua vida. Planos que você não consegue entender, mas que são certamente, são os melhores planos para você.

Talvez você terá de continuar experimentando certas lutas em sua vida. E tenha você o dom para permanecer solteiro ou não, você passará por provações que são inerentes às pessoas solteiras. Mas lembre-se, os casados também tem provações e aflições que são inerentes à vida de casado. E pessoas casadas descontentes, às vezes olham para a solteirice com saudades.

Portanto, meu conselho a você que deseja casar, e vê a idade avançar, é que em primeiro lugar você reconheça a bondade e a sabedoria de Deus, que se revela por meio de Sua Providência, em não dar a você um casamento até o momento. Manifeste isso, em suas orações com gratidão a Deus, por sua vida, e por seu estado atual. Manifeste isso, em conversas com seus amigos e parentes, reconhecendo que apesar de seus sentimentos e impressões, você reconhece a bondade de Deus.

Em segundo lugar, use seu tempo para crescer, aprender e servir. Este é o chamado de Deus a você no momento, e não atendê-lo é desobediência para com Ele e infidelidade para com o próximo.

Minha oração, é para que Deus use esta série em áudio, para que você entenda cada vez mais a bênção da solteirice e aproveito essa estação, seja ela curta, longa ou por toda vida. Que você use o que Ele lhe concedeu para a glória dEle.

Permitindo o Senhor, nós vamos continuar este assunto, no episódio 4, no qual tratarei sobre os problemas oriundos da insatisfação com a solteirice.

Até lá! E que o Senhor Deus te conceda graça, misericórdia e paz!

Ficha Técnica

Conteúdo e voz: Elienai B. Batista.
Edição de áudio: Abner F. B. Batista.

Bibliografia recomendada

HARRIS, Joshua. Eu disse adeus ao namoro. São Paulo: Atos, 2014.

Dúvidas

Caso você tenha alguma dúvida sobre a pregação, pode usar o nosso grupo no Facebook para fazer sua pergunta. Porém, só responderei quando me for possível. Para isso, clique aqui e peça acesso ao grupo, escreva sua pergunta e link meu nome dentro do grupo. Quando puder responderei.

EpisódiosTítuloDuraçãoTamanhoData
PrefácioInformações introdutórias sobre esta série.00:03:513,77 MB12/09/2017
Episódio 001Diferentes tipos de chamado.00:08:077,68 MB13/09/2017
Episódio 002A solteirice como bênção - uma compreensão contracultural.00:10:329,90 MB20/09/2017
Episódio 003Solteirice e Contentamento.00:11:4511,0 MB06/10/2017
Compartilhe!
Pr. Elienai B. Batista

Elienai B. Batista

Verbi Dei Minister

Ministro da Palavra e dos Sacramentos atualmente trabalhando em um projeto missionário ligado ao Centro de Literatura Reformada (CLIRE), e na plantação de uma Igreja Reformada em Paulista – PE.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 10 outros assinantes

Pr. Elienai B. Batista

Ministro da Palavra e dos Sacramentos atualmente trabalhando em um projeto missionário ligado ao Centro de Literatura Reformada (CLIRE), e na plantação de uma Igreja Reformada em Paulista – PE.

Related posts
Leave a reply