Sobre

Este site tem como objetivo oferecer recursos, principalmente em áudio, sobre a fé, a cosmovisão e a piedade reformada.

Recent tags

Lição 4: A autoria e data do Catecismo de Heidelberg

Lição 4: A autoria e data do Catecismo de Heidelberg

Olá Débora, seja bem-vinda à nossa quarta lição.

E mais uma vez, vamos começar com uma oração.

Oração.

Débora, na última lição, eu lhe falei um pouco sobre o desenvolvimento da Reforma no Palatinado Renano, mais especificamente na cidade de Heidelberg. Concluímos a lição 3, mostrando que Frederico III, resolvera promover a elaboração de uma catecismo.

Agora, vamos voltar a nossa atenção a alguns detalhes sobre esta elaboração. Veremos a autoria e a data do Catecismo de Heidelberg.

Para elaborar o catecismo, Frederico III, designou dois homens que haviam sido convidados por ele para ajudarem com a Reforma em Heidelberg.

O primeiro deles foi o jovem pregador, Gaspar Oleviano. Ele chegou a Heidelberg, cerca de um ano depois que Frederico III se tornara Príncipe Eleitor.

Gaspar Oleviano era da cidade alemã de Tréveris. Seu pai, como tesoureiro da cidade, era uma figura importante. Gaspar Oleviano, foi estudar direito nas famosas escolas de Paris, Bourges e Orleans. Na França ele se deparou com a Reforma. Durante os seis anos que esteve por lá, Oleviano tornou-se um protestante cheio de entusiasmo. Ali, certa vez, após escapar de um afogamento, ele fez um voto, de que se tornaria pregador em vez de advogado.

Por isso, quando concluiu seus estudos, depois de passar em sua cidade, Tréveris, ele se dirigiu a Genebra e Zurique, onde viviam grandes reformadores. Ele voltou a Genebra para estudar e ali perguntou onde poderia melhor servir a Reforma. Guilherme Farel, lhe disse ele que deveria servir em Tréveris, sua cidade natal. Por isso, em maio de 1559, Oleviano voltou a Tréveris onde começou a trabalhar como professor de latim. No mesmo ano em que Frederico se tornou Príncipe Eleitor em Heidelberg.

Em Tréveris Gaspar Oleviano começou a pregar o evangelho com tal eloquência que foi convidado pelo conselho da cidade, a pregar na Igreja de São Jacó. Ali chegavam-se a amontoar mais de seiscentas pessoas para ouvir a pregação. Com medo do Princípe Eleitor de Tréveris, o Arcebispo João, o conselho da cidade, ordenou que Olaviano parasse de pregar, mas ele continuou.

O Arcebispo João, quando soube do que estava acontecendo, dirigiu-se a Tréveris com cento e setenta cavaleiros. E apesar da resistência da cidade que não o deixou entrar, quando conseguiu entrar à força, prendeu entre outros, o pregador Gaspar Oleviano.

Oleviano ficou preso durante dez semanas, sendo soltou por conta de um pedido de Frederico III, que pagou uma grande quantia por sua liberação. Gaspar Oleviano foi solto e convidado para ser o pastor da principal igreja de Heidelberg.

O segundo homem, convidado a elaborar o catecismo foi Zacarias Ursinus. Ele era de Breslau, e em 1550, quando tinha 16 anos, fora para Wittenberg estudar na famosa universidade, quatro anos após a morte de Martinho Lutero.

Era um jovem calmo e modesto e não gostava de debates, mas foi percebido por Felipe Melanchton, substituto de Lutero na Universidade de Wittenberg, e que tinha naquele momento, 53 anos. Logo os dois tornaram-se amigos íntimos.

Em 1557, os dois passaram por Heidelberg, quando Otto Henrique era o Príncipe Eleitor. Ursino ficou ali dez dias, enquanto Melanchton aconselhava Otto Henrique sobre o avanço da Reforma em Heidelberg. Depois, Ursino passou por outras cidades onde a Reforma avançara: Estrasburgo, Basileia, Lausanne, Genebra, Paris e Zurique. Ursino recebeu do próprio Calvino uma edição das Institutas, na qual Calvino escrevera uma mensagem de encorajamento ao jovem estudante.

Depois disso, Ursino voltou para sua cidade natal, Breslau onde foi nomeado chefe da Escola Elizabetana. Mas logo surgiram muitos boatos de que ele não era luterano de fato, mas um calvinista. Assim, Ursino se viu cercado por intrigas e agitações. Quando em abril de 1560, soube da morte de Filipe Melanchton, ele renunciou ao cargo, e se dirigiu para Zurique.

Em outubro de 1560 começou a estudar com Peter Martyr. Foi ele que provavelmente levou Ursino a enxergar mais claramente, aquilo que depois, Ursino confessou no Catecismo de Heidelberg.

Quando em 1561, Peter Martyr foi convidado por Frederico III para ser o diretor do Colégio da Sabedoria (colégio dedicado a formação de ministros da Palavra), Martyr disse que estava velho para assumir tal compromisso, mas enviaria o homem certo, Zacarias Ursino.

Assim, a pedido de Frederico III, o pastor de 26 anos, que era um pregador eloquente, Gaspar Oleviano, e o professor de teologia e diretor do Colégio da Sabedoria, o jovem de 28 anos, Zacarias Ursino, trabalharam juntos para a elaboração de um catecismo para ser usado no Palatinado Renano.

Eles começaram o trabalho em 1562. Os dois homens trabalharam arduamente não só para elaborar cuidadosamente as perguntas e respostas, mas também a pedido de Frederico III, deveriam colocar provas bíblicas para o que era ensinado no Catecismo para que todos soubessem que seu ensino era conforme a Escritura.

Além de Gaspar Oleviano e Zacarias Ursino, vários professores e pastores de Heidelberg contribuíram para a elaboração do Catecismo de Heidelberg, inclusive o próprio Frederico III.

Nos primeiros dias de janeiro de 1563, com o catecismo já concluído, Frederico III, reuniu em Heidelberg diversos ministros e professores do Palatinado para examinarem o catecismo. Eles se reuniram, estudaram e conversaram sobre o catecismo. As reuniões duraram oito dias e terminaram num sábado. No domingo, eles se reuniram para o culto solene e a celebração da Ceia do Senhor. Na segunda, eles se reuniram com Frederico III, que lhes encorajou a pregar e ensinar de acordo com as fiéis verdades confessadas no Catecismo de Heidelberg.

Na manhã seguinte Frederico escreveu o prefácio ao Catecismo de Heidelberg, um texto com oitocentas palavras, que foi concluído no dia 19 de janeiro de 1563. Naquele mesmo dia, o manuscrito foi entregue a John Mayer o melhor impressor da cidade de Heidelberg.

Débora, espero que você tenha notado que apesar do Catecismo de Heidelberg ter sido elaborado por Gaspar Oleviano e Zacarias Ursino, eles contaram com o apoio de diversos professores e ministros da Palavra, que ofereceram sugestões, corrigiram, estudaram, conversaram e examinaram cada detalhe do catecismo.

Dessa forma, você pode perceber ao ler o catecismo, não só o tom teológico, mas também seu tom pastoral.

Ao concluir este assunto, eu quero destacar uma obra que muito me ajudou na preparação desta lição, a obra de Thea van Halsema, Três Homens Chegaram a Heidelberg – A história por trás do Catecismo. É uma obra do CLIRE (Centro de Literatura Reformada). Quando puder, leia.

Se precisar dar uma olhada no texto da lição, ou baixar o áudio, visite: elienaibatista.com.

Na próxima lição falarei sobre: Objetivos do Catecismo de Heidelberg.

Até a próxima lição! E que o Senhor te conceda graça, sabedoria e perseverança em seus estudos.

Ficha Técnica

Conteúdo e voz: Elienai B. Batista.
Edição de áudio: Abner F. B. Batista.

Bibliografia recomendada

HALSEMA, Thea van. Três homens chegaram a Heidelberg. Recife: CLIRE, 2013.
BIERMA, Lyle D.. Introdução ao Catecismo de Heidelberg. São Paulo: Cultura Cristã, 2010.

Dúvidas

Caso você tenha alguma dúvida sobre a pregação, pode usar o nosso grupo no Facebook para fazer sua pergunta. Porém, só responderei quando me for possível. Para isso, clique aqui e peça acesso ao grupo, escreva sua pergunta e link meu nome dentro do grupo. Quando puder responderei.

LiçõesTítuloDuraçãoTamanhoData
ApresentaçãoApresentação do Curso Estudos no Catecismo de Heidelberg.00:03:413,71 MB04/10/2017
Lição 001O que é um catecismo e como usá-lo.00:10:129,66 MB04/10/2017
Lição 002A época em que o Catecismo de Heidelberg foi escrito.00:10:319,94 MB05/10/2017
Lição 003O lugar em que o Catecismo de Heidelberg foi escrito.00:11:2410,7 MB16/10/2017
Lição 004A autoria e data do Catecismo de Heidelberg.00:10:089,62 MB18/10/2017
Lição 005Os objetivos do Catecismo de Heidelberg.00:09:188,85 MB20/10/2017
Lição 006A estrutura do Catecismo de Heidelberg.
Lição 007O esboço do Catecismo de Heidelberg.
Lição 008As características do Catecismo de Heidelberg.
Compartilhe!
Pr. Elienai B. Batista

Elienai B. Batista

Verbi Dei Minister

Ministro da Palavra e dos Sacramentos atualmente trabalhando em um projeto missionário ligado ao Centro de Literatura Reformada (CLIRE), e na plantação de uma Igreja Reformada em Paulista – PE.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 14 outros assinantes

Pr. Elienai B. Batista

Ministro da Palavra e dos Sacramentos atualmente trabalhando em um projeto missionário ligado ao Centro de Literatura Reformada (CLIRE), e na plantação de uma Igreja Reformada em Paulista – PE.

Related posts
Leave a reply