Sobre

Este site tem como objetivo oferecer recursos, principalmente em áudio, sobre a fé, a cosmovisão e a piedade reformada.

Recent tags

Lição 6: O tema e a estrutura do Catecismo de Heidelberg

Lição 6: O tema e a estrutura do Catecismo de Heidelberg

Olá Débora, seja bem-vinda à nossa sexta lição.

Você lembra que a lição 1 foi sobre o significado e o uso do catecismo, as lições 2 a 4 apresentaram aspectos históricos ligados ao Catecismo de Heidelberg, nas lições 6 e 7 pretendo oferecer algumas informações sobre a estrutura e o caráter do Catecismo de Heidelberg.

Oração.

Débora, nesta sexta lição, quero lhe falar sobre o tema e a estrutura do Catecismo de Heidelberg. Espero que ao você tenha em mãos a Escritura e uma cópia do Catecismo de Heidelberg para que possa conferir aquilo que direi nesta lição.

Como você já deve ter observado o catecismo apresenta aquilo que Frederico III chamou de “um curso resumido de instrução da nossa religião cristã” através de perguntas e respostas que facilitam a memorização e a compreensão. Ao ler e estudar o catecismo é como se houvesse um professor fazendo perguntas e um aluno que as responde.

Débora veja o Catecismo de Heidelberg, e responda: Quantas perguntas têm o Catecismo de Heidelberg?

Se você respondeu que o Catecismo de Heidelberg tem 129 perguntas você acertou.

Essas 129 foram divididas em 52 dias do Senhor. A expressão “dia do Senhor” se refere ao domingo. O primeiro dia da semana é assim designado porque foi nele que o nosso Senhor Jesus Cristo ressuscitou. É assim que o apóstolo João se refere a este dia no livro do Apocalipse. Em Apocalipse 1.10, ele escreve: “Achei-me em espírito, no dia do Senhor”, uma referência o primeiro dia da semana. A nossa palavra domingo está ligada a expressão em latim “dia do Senhor”.

O dia do Senhor, é o dia que a igreja se reúne para o cultuar a Deus. Por isso, o Catecismo de Heidelberg foi dividido em 52 dias do Senhor, ou seja, suas perguntas foram organizadas para serem explicadas através dos 52 domingos do ano. Agora, se você encontrar a abreviatura “DS”, em algum estudo do Catecismo de Heidelberg, já sabe que significa “dia do Senhor”. Outras abreviaturas que você encontrará é a letra “P” para indicar as perguntas e a letra “R” para indicar as respostas.

Débora veja o dia do Senhor 1, ele serve como uma introdução a todo catecismo. Nele encontramos duas perguntas que nos apresentam o tema e a estrutura do Catecismo de Heidelberg.

Veja a primeira pergunta do catecismo:
P.1. Qual é o seu único consolo na vida e na morte?

A parte inicial da resposta é esta:
R. Que não pertenço a mim mesmo, mas pertenço de corpo e alma, tanto na vida quanto na morte, ao meu fi el Salvador Jesus Cristo.

Podemos dizer que o tema do Catecismo de Heidelberg é o consolo que temos em Cristo. Tendo como base o restante do catecismo, eu fiz um esboço relacionando os diferentes assuntos tratados no catecismo com a verdadeira fé. Por isso, gosto de enunciar o tema do Catecismo de Heidelberg da seguinte forma: O consolo em Cristo na verdadeira fé.

Agora veja a segunda pergunta e sua resposta:
P.2. O que é que você precisa saber para viver e morrer nessa consolação?

Olhe para a resposta. Se você tiver que resumir esses três pontos da resposta com apenas três palavras, quais seriam?

Ouça a pergunta e a resposta:
P.2. O que é que você precisa saber para viver e morrer nessa consolação?
R. Primeiro, como são grandes meus pecados e miséria; segundo, de que modo sou liberto de todos os meus pecados e miséria; terceiro, de que modo devo ser grato a Deus por uma tal libertação.

Você pode resumir essa resposta com as seguintes palavras: miséria, salvação e gratidão. Estes três pontos são justamente as três principais divisões do Catecismo de Heidelberg.

Veja o título antes do dia do Senhor 2: Parte I – Nossos pecados e miséria.
Veja o título antes do dia do Senhor 5: Parte II – Nossa salvação.
Agora, veja o título antes do dia do Senhor 32: Parte III – Nossa gratidão.

Portanto, o Catecismo de Heidelberg tem uma tríplice divisão:

  • Temos o dia do Senhor 1, que serve como introdução ao catecismo.
  • Do dia do Senhor 2 ao 4, o catecismo trata sobre nossos pecados e miséria.
  • Do dia do Senhor 5 ao 31 o catecismo trata sobre nossa salvação em Cristo Jesus.
  • Do dia do Senhor 32 ao 52 o catecismo trata sobre a nossa resposta de gratidão a essa salvação.

Essa estrutura do Catecismo de Heidelberg se assemelha à estrutura da Epístola de Paulo aos Romanos. Por favor, abra sua Bíblia no capítulo 1 da Epístola aos Romanos.

Do capítulo 1.1-17, temos uma introdução à epístola, na qual seu tema nos apresentado. Veja os versículos 16 e 17:
Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego; visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé.”

O tema da Epístola ao Romanos é

Depois dessa introdução, a partir de Romanos 1.18 até 3.20 o assunto principal da epístola pode ser resumido com a palavra “miséria”. O apóstolo procura mostrar a revelação da ira de Deus sobre a impiedade, e que todos os homens são pecadores e estão afastados de Deus, tanto gentios como judeus.

Veja 3.9-12
Que se conclui? Temos nós qualquer vantagem? Não, de forma nenhuma; pois já temos demonstrado que todos, tanto judeus como gregos, estão debaixo do pecado; como está escrito: Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus; todos se extraviaram, à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um sequer.”

O apóstolo está apresentando um resumo do evangelho. E por onde ele começa? Por mostrar a situação da pessoa sem Cristo. Portanto, para desfrutar do consolo de pertencer a Cristo, qual a primeira coisa necessária? Reconhecer a si mesmo como um pecador. Reconhecer sua miséria espiritual, sua necessidade da graça de Deus revelada em Cristo Jesus. Por isso, Paulo começa por mostrar a necessidade da salvação, antes de falar de como esta salvação pode ser recebida. Da mesma o nosso catecismo, procura falar sobre essa questão nos dias do Senhor 2 a 4.

E como você pode observar, assim como Paulo, o catecismo também não se detêm muito nessa questão.

A partir de 3.21 até 11.34, o apóstolo trata sobre a salvação que temos em Cristo Jesus. Esta é a maior cessão da epístola. Nela o apóstolo trata de temas como: justificação pela fé, graça, santificação e eleição.

Por exemplo, 5.1 falando sobre os frutos da justificação pela fé, ele nos diz: “Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo”.

Em 5.8, ele exalta o amor gracioso de Deus: “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.”

Em 8.16,17, ele fala da certeza da salvação que temos em Cristo: “O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados.”

Em 8.31,32, nos diz sobre a eterna segurança de nossa salvação em Cristo: “Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?

Em 9.18, falando da graça soberana de Deus ele diz: “Logo, tem ele misericórdia de quem quer e também endurece a quem lhe apraz.”

Após concluir temas tão maravilhosos sobre a salvação providenciada por Deus, o apóstolo conclui essa cessão com uma doxologia, um hino de adoração a Deus. Você pode ler esta doxologia em Romanos 11.33-36.

Por fim, o apóstolo, de Romanos 12.1 até 16.27, procura nos mostrar qual deve ser a nossa resposta de gratidão diante de tão grande e maravilhosa salvação. Nesta última seção da epístola ele trata do uso dos dons, e fala sobre virtudes, obediência às autoridades, amor ao próximo, amor e liberdade cristã.

Mais uma vez Paulo conclui com uma doxologia, em Romanos 16.25-27.

Portanto, Débora como você pode perceber a estrutura do Catecismo de Heidelberg, segue essa mesma estrutura da Epístola de Paulo aos Romanos, que podemos resumir com essas três palavras: miséria, salvação e gratidão. Essas três palavras resumem o evangelho de Cristo.

Eu quero concluir com uma tarefa para você Débora. É uma tarefa simples: leia Efésios 2.1-10, e identifique essa tríplice divisão sobre a qual eu falei.

Na próxima lição, querendo o Senhor, falarei sobre: O esboço do Catecismo de Heidelberg.

Até a próxima lição! E que o Senhor te conceda graça, sabedoria e perseverança em seus estudos.

Ficha Técnica

Conteúdo e voz: Elienai B. Batista.
Edição de áudio: Abner F. B. Batista.

Bibliografia recomendada

BIERMA, Lyle D.. Introdução ao Catecismo de Heidelberg. São Paulo: Cultura Cristã, 2010.

Dúvidas

Caso você tenha alguma dúvida sobre a pregação, pode usar o nosso grupo no Facebook para fazer sua pergunta. Porém, só responderei quando me for possível. Para isso, clique aqui e peça acesso ao grupo, escreva sua pergunta e link meu nome dentro do grupo. Quando puder responderei.

LiçõesTítuloDuraçãoTamanhoData
ApresentaçãoApresentação do Curso Estudos no Catecismo de Heidelberg.00:03:413,71 MB04/10/2017
Lição 001O que é um catecismo e como usá-lo.00:10:129,66 MB04/10/2017
Lição 002A época em que o Catecismo de Heidelberg foi escrito.00:10:319,94 MB05/10/2017
Lição 003O lugar em que o Catecismo de Heidelberg foi escrito.00:11:2410,7 MB16/10/2017
Lição 004A autoria e data do Catecismo de Heidelberg.00:10:089,62 MB18/10/2017
Lição 005Os objetivos do Catecismo de Heidelberg.00:09:188,85 MB20/10/2017
Lição 006A estrutura do Catecismo de Heidelberg.
Lição 007O esboço do Catecismo de Heidelberg.
Lição 008As características do Catecismo de Heidelberg.
Compartilhe!
Pr. Elienai B. Batista

Elienai B. Batista

Verbi Dei Minister

Ministro da Palavra e dos Sacramentos atualmente trabalhando em um projeto missionário ligado ao Centro de Literatura Reformada (CLIRE), e na plantação de uma Igreja Reformada em Paulista – PE.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 14 outros assinantes

Pr. Elienai B. Batista

Ministro da Palavra e dos Sacramentos atualmente trabalhando em um projeto missionário ligado ao Centro de Literatura Reformada (CLIRE), e na plantação de uma Igreja Reformada em Paulista – PE.

Related posts
Leave a reply